-------------------------------Todos os comentários serão moderados pelos administradores do blog, a fim de se evitarem comentários sem conteúdo pertinente de discussão------------------------------------

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Há quem se orgulhe de ser o que é… e há… os outros!

Um grupo de sócios do Sporting de Braga quer alterar a data de fundação oficial do clube, mas o presidente da mesa da assembleia-geral (AG), José Mendes, considera insuficientes os dados recolhidos.
O grupo recentemente criado, denominado “Sporting Clube de Braga – 16/09/1914″ e do qual fazem parte, entre outros, antigos dirigentes como os ex-presidentes Luís Machado e Luís Sousa, ou o ex-diretor do futebol António Duarte, compilou um dossiê sobre a temática e entregou-o há poucos dias a José Mendes.
O presidente da AG explicou à agência Lusa que se comprometeu a fazer chegar o documento a António Salvador, o que só acontecerá depois das eleições marcadas para 9 de novembro. Contudo, e frisando falar a título pessoal, José Mendes considera que os dados recolhidos “não são suficientes” para provar a existência do Sporting de Braga anterior à data oficial, 1921.
“Na minha perspetiva, não são suficientes. A questão é muito séria”, defendeu, ainda que notando que a apreciação da matéria e uma decisão sobre uma eventual alteração da data oficial de nascimento do clube caberá sempre à direção. A génese do clube bracarense, oficialmente 1921, não é consensual entre os seus adeptos. Desde logo porque existem revistas oficiais do Sporting de Braga comemorativas de alguns dos seus aniversários na década de 30 do século passado e segundo as quais o clube surgiu em 1919 e não dois anos mais tarde. Porém, os responsáveis “arsenalistas” de então apenas registaram o clube no Governo Civil de Braga a 19 de janeiro de 1921, data que é hoje comemorada. Mas novos dados foram trazidos para a discussão em dezembro de 2010 com a edição do livro “História da bola em Braga”.
Os autores, Evandro Lopes e João Nogueira Dias, descobriram notícias no jornal “Echos do Minho” de setembro e outubro de 1914 sobre um clube com a mesma designação e que dão corpo à tese que o Sporting de Braga é ainda mais antigo. A primeira data de 16 de setembro de 1914 e dá conta da nomeação dos membros dos órgãos sociais de um “novo Club”, o “Sporting Club de Braga”.
Uma segunda, a oito de outubro do mesmo ano, informa do pedido de demissão do presidente do conselho fiscal do referido clube e da eleição de um novo membro para o mesmo cargo. É sobretudo nestas duas notícias que os autores e um crescente número de associados do clube minhoto se apoia para afirmar que o Sporting de Braga tem 99 anos e não 92 e que, por isso, 2014 é o ano do centenário do clube.
O grupo quer que o clube “diligencie a realização de uma investigação mais exaustiva e dotada de mais meios humanos e técnicos para não restar qualquer tipo de dúvida a respeito da data de fundação do clube” e lembra que uma alteração do género não seria uma ação inédita porque “tal já sucedeu na década de 80 com o FC Porto após a descoberta de factos de muito menor clareza do que estes que envolvem a história do Sporting de Braga”.
Depois de uns terem alugado um DeLorean para recuar até 1904 para renascerem à pressão, e o clube dos bimbos puxar a culatra ainda mais atrás até 1893, agora os ex-lampiões do minho seguem-lhes os passos…

http://www.publico.pt/desporto/noticia/fc-porto-foi-fundado-em-1906-e-nao-1893-e-nao-ha-indicios-de-cosme-damiao-ter-sido-fundador-do-sport-lisboa-1594003#/0

Entretanto… 1906 continua a ser o ano em que tudo mudou… 1 de Julho, para ser mais exacto!
Há quem se orgulhe de ser o que é… e há… os outros!
Orgulho em ser SPORTING!

1 comentário:

  1. a vergonha do costume, isto é o futebol português, viciado e mentiroso!

    ResponderEliminar